Ator da Globo, Paulo Betti é expulso de culto de Edir Macedo: “Não querem que revele o quê?”


O ator da Globo Paulo Betti foi expulso de um culto da Igreja Universal, de Edir Macedo, quando gravava um vídeo. Ele foi retirado do local por um segurança que classificou como “brutamonte”.

Em seu perfil oficial no Instagram, o ator publicou nesta segunda-feira (22) um vídeo em que mostra um culto da Igreja Universal do Reino de Deus. Nas imagens, fiéis aparecem assistindo um vídeo do bispo Macedo (também dono da Record) em um telão, quando um segurança se aproxima e informa que é proibido filmar no local.




Paulo Betti, então, começa a discutir com o rapaz. “Eu entro ali na Igreja Católica e filmo”, argumenta, questionando por que não pode gravar ali. “Mas aqui não pode filmar”, diz o segurança, insistentemente. Na discussão, o ator pede para o rapaz “não colocar a mão em sua câmera”. Logo depois, ele deixa o local.

Por meio de seu Instagram, o global publicou o vídeo do momento e questionou o que a igreja de Edir Macedo está querendo esconder. “Fui expulso do ambiente da Igreja Universal por um brutamontes, quase quebrou minha câmera. Não querem que revelem o quê?”, escreveu ele.

A atitude de Paulo Betti, no entanto, dividiu opiniões. “Ridículo foi você, pede respeito e não respeita. Já foi com outras intenções”, criticou uma internauta. “Por que filmou? Me poupe”, escreveu outra. “Por que não pode? É algo obsceno que acontece ali?”, rebateu o ator. “Esse povo é alienado, quanto mais apanha, mais gosta”, concordou um seguidor.

“Olha Sr Paulo, saiba que sua intenção esta sendo pesada pelo próprio Deus… será que você foi realmente para ouvir a palavra, ou tinha uma malícia dentro de você, uma intenção podre?! Se sua intenção era ouvir a mensagem, qual o motivo da gravação? Quanto ao seu questionamento não há nada a ser escondido, até porque há diversas transmissões ao vivo das reuniões realizadas pelos bispos da Iurd (inclusive a que estava “assistindo”), existe sim regras de não filmar e gravar dentro do templo, qual foi a dificuldade em respeitar isso, seria porquê não foi tratado como um ator “famoso”… faltou ética e respeito da sua parte!! Lamentável sua atitude de se vitimizar com isso! Ahhh… e não vi ninguém te expulsando da igreja como afirma na legenda!”, detonou outra internauta.

“Ouvi a palavra do Macedo num telão? Ele tirou a imagem de Cristo e colocou a dele no lugar”, retrucou o ator, que apagou a publicação com o vídeo após a repercussão na web. Atualmente, Paulo Betti está no ar na Globo com o personagem Miguel na novela das seis Órfãos da Terra.

OUTRO LADO

O departamento de comunicação da Igreja Universal, por meio de nota, se pronunciou sobre o caso de Paulo Betti, acusou ele de ofender pastor e atacar Edir Macedo, e que espera que a Globo não “endosse o comportamento do ator”.

“Visitando um templo de Igreja Universal do Reino de Deus em Teresina (PI) nesta segunda-feira (22), o ator da TV Globo Paulo Betti tentou gravar a reunião que acontecia no local.

Depois de ser educadamente alertado que não são permitidos registros de imagem no interior dos templos da Universal, passou a ofender o pastor que conversava com ele e saiu da Igreja atacando o Bispo Edir Macedo e os fiéis que assistiam à reunião.

Mais tarde, o ator publicou em sua página no Facebook que o Bispo Macedo estava “usurpando a palavra de Deus” e que “o telão [do templo] tem imagem e som horríveis, mas havia uns 40 fiéis”.

Ou seja, enquanto reclamava de um desrespeito que teria sofrido, o ator desrespeitava uma proibição que é pública – e está afixada em avisos nas paredes do templo – e ofendia milhões de membros da Universal em todo o Brasil, insultando seu líder espiritual.

Talvez Betti não esteja acostumado ou não saiba que um templo religioso é um local de oração, para estar em contato com Deus, e que todas as religiões estabelecem regras de comportamento que os visitantes devem acatar, se quiserem frequentar aquele espaço sagrado.



Por exemplo, nas sinagogas, os homens – mesmo os não judeus – devem usar uma espécie de gorro para cobrir a cabeça, o kippah. Nas mesquitas, os visitantes devem entrar descalços, não podem vestir roupas que mostrem as pernas e as mulheres devem usar um lenço para cobrir o cabelo.

Os calçados também dever ser deixados do lado de fora e as roupas não podem deixar ombros e pernas à mostra quando se visita um templo budista.

A atitude do ator demonstra o preconceito que muitos brasileiros ainda têm contra a Universal e seus mais de 7 milhões de fiéis espalhados por todo o país. O que se espera é que a TV Globo – empresa à qual Betti presta serviço há tantos anos – não endosse o comportamento de um ator cuja imagem se confunde com a dela.

Quem quiser entrar em um dos 7.316 templos e catedrais da Universal do Brasil, será sempre bem-vindo, mesmo os preconceituosos. Basta respeitar o local e os demais visitantes que lá estiverem.

E o ator Paulo Betti pode se considerar formalmente convidado para visitar a Universal de sua escolha. Teremos o maior prazer em explicar o que acontece na Igreja, sobre o Templo de Salomão e sobre o Bispo Macedo.
Para ele e para todos, as portas da Universal estarão sempre abertas.

UNIcom – Departamento de Comunicação Social e de Relações Institucionais da Universal”.

Comentários

  1. Qual o problema ,na igreja católica vc entra filma,grava,fotografa sem problema nenhum ,na católica vc está na casa de Deus

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Depressão não é preguiça e nem desculpa, depressão é luta.

Mulher compra óculos na praia por R$35 sem se aperceber que na realidade pagou R$350

Ter uma irmã é o presente mais sublime que Deus pode te dar

Frases de Conquista

Reconquista Perfeita