Já ouviu falar em mini-AVC? Atenção aos sinais desse problema!


Esse tipo de complicação pode passar despercebida, atenção aos sinais.
AVC é a sigla para Acidente Vascular Cerebral, e é uma das complicações de saúde que mais matam no mundo. Quando o paciente não morre, pode ficar com sequelas graves e, até incapacitado.
Nem sempre é possível compreender um AVC e chamar o socorro em tempo. Há situações, contudo, que servem de alerta e merecem atenção. Essas condições são denominadas como ataque isquêmico transitório, alerta de derrame ou mesmo mini-AVC.

O que é AVC?
São complicações nos vasos sanguíneos pertencentes ao SNC (Sistema Nervoso Central). Essas complicações ocorrem em consequência de um déficit neurológico.
O que é mini-AVC?
É um AVC com a duração de minutos. Acontece quando a circulação sanguínea para o cérebro é interrompida em todo o órgão ou em parte dele.

No mini-AVC, a interrupção pode desaparecer rapidamente, por até 1 hora.
Quais os sintomas?
Fraqueza no braço;
Tontura;
Perda de equilíbrio;
Confusão mental;
Paralisia e formigamento em um lado do rosto;
Fraqueza e formigamento no braço e perna de um lado do corpo;
Dificuldade para falar com clareza;
Visão embaçada ou dupla;
Tonturas e perda de equilíbrio.
O que fazer?
Como identificar e tratar um mini-AVC
O mini-AVC, também conhecido como ataque isquêmico transitório ou AVC transitório, é uma alteração, semelhante ao AVC, que provoca uma interrupção na passagem do sangue para uma área do cérebro, geralmente devido à formação de um coágulo.
No entanto, ao contrário do AVC, neste caso, o problema dura apenas alguns minutos e desaparece sozinho, sem deixar sequelas permanentes.
Embora seja menos grave, o mini-AVC pode ser um sinal de que o organismo está produzindo coágulos facilmente e, por isso, muitas vezes surge alguns meses antes de um AVC, sendo por isso recomendado adotar cuidados para evitar que isso aconteça.
Pode deixar sequelas?
Na maioria dos casos, o mini-AVC não deixa qualquer tipo de sequelas permanentes, como dificuldade para falar, caminhar ou comer, por exemplo, pois a interrupção da passagem do sangue dura pouco tempo e, por isso, raramente se formam lesões cerebrais graves.
No entanto, dependendo da gravidade, do tempo de duração e do local do cérebro afetado, algumas pessoas podem ficar com algumas sequelas menos graves que as de um AVC.


Procure um médico imediatamente. É ele quem vai definir a extensão do problema e como tratar. Para essa condição, não deve ser aguardada uma consulta de rotina. É preciso acionar o serviço de emergência e encaminhar o paciente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Depressão não é preguiça e nem desculpa, depressão é luta.

Mãe deixa mensagem para a atual do seu ex e emocionou tudo e todos

Ter uma irmã é o presente mais sublime que Deus pode te dar

Frases de Conquista

Reconquista Perfeita