Menino entra na delegacia com placa no pescoço e quando os policiais olham a placa começam a chorar


Policiais estão expostos a tantas experiências diferentes diariamente, que é preciso algo muito especial para realmente tocá-los.

Quando um menino entrou em uma delegacia de polícia em Charlotte, na Carolina do Norte, com uma placa no pescoço e carregando uma sacola, os policiais perceberam que este não seria um dia comum de plantão.
Apesar da sua idade, Jayden Hooker, de cinco anos, estava muito consciente da tensão entre sua comunidade e o departamento de polícia local. Ele era frequentemente acordado durante a noite por sons violentos em sua vizinhança e tinha medo deles. Mas o pequeno Jayden não é uma criança comum. Esse garotinho não estava apenas com medo do que poderia acontecer a ele.
Jayden achava que, se estivesse assustado, a polícia deveria estar também, então decidiu que queria ajudar de alguma forma.
Ele pediu a sua mãe para levá-lo até a delegacia para dar aos oficiais roscas e abraços. Ele não queria mais que os policiais da vizinhança ficassem com medo.
Hooker disse à ABC News: “Estou feliz que os policiais não se machucaram de verdade. Eu quero que vocês fiquem em segurança e que ninguém os machuque”.
Apesar de não conhecer ninguém na estação, ele entrou usando uma placa que dizia, simplesmente, “Abraços Grátis”.

Os policiais não podiam acreditar no que ele tinha feito e aceitaram a oferta. Alguns foram levados às lágrimas pelo amável gesto.
Eu também fiquei com os olhos marejados quando vi esse menino tentando fazer do mundo um lugar melhor. Por favor, compartilhe se você acha que precisamos de mais pessoas como Jayden!
Ser gentil muda o mundo!
Transforme as pessoas ao seu redor: seis formas simples de ser gentil!
1 – Seja educado: O simples fato de você estar por perto de alguém quando surge um problema, você não responder de forma rude e se disponibilizar a ajudar, provavelmente você receberá em troca um sorriso sincero. Um agradecimento faz com que nos sintamos reconhecidos e valorizados.
2 – Ofereça ajuda: Quando notamos alguém triste ou abatido, você pode se oferecer para escutar. “Atos de gentileza não precisam ser grandiosos. As coisas mais verdadeiras se transmitem por vezes de formas simples”, enaltece o profissional.
3 – Crie o melhor ambiente: No trabalho, por exemplo, você convive com pessoas diariamente e, por isso, é importante ter um ambiente de união e companheirismo: “Quando alguém está muito atarefado enquanto você está livre, você pode se oferecer para dar uma mão. E mesmo que às vezes sua contribuição seja apenas uma coisinha, para o outro pode ser uma grande diferença”, indica Igor Teo.
4 – Mostre atenção e interesse: Se alguém estiver falando com você, seja atencioso. “Não olhe para o celular, nem fique fazendo outra coisa. Você não gostaria de conversar com alguém que não presta atenção no que você diz. E se estiver preocupado com algo naquele momento, explique para a pessoa por que não pode lhe dar toda sua atenção naquele momento”, alerta o profissional.
5 – Não carregue o orgulho: Para Igor Teo, depois de algum tempo sendo gentil, é possível que a pessoa se sinta um “ser superior” por ser tão legal, o profissional alerta: “Cuidado com o orgulho. Isto estraga toda gentileza, e faz parecer pedantismo. Ser humilde na relação com as outras pessoas é muito importante para demonstrar sinceridade”, destaca.
6 – Valorize as virtudes das pessoas: O mundo já está cheio de pessoas para apontar os nossos erros e defeitos. É preciso também exaltar as virtudes para mostrarmos o caminho certo. Mesmo que você considere apenas um feito “pequeno”, valorize e dê os parabéns!
A importância de ser gentil com as pessoas
Segundo o psicólogo, atos de gentileza sempre retornam para nós da melhor forma, aumentando, por exemplo, questões de autoestima e sociabilidade: “Quando as pessoas se sentem agradadas e felizes, elas querem retribuir de alguma forma com as pessoas que lhe fazem se sentir assim. Além disso, gentileza abre portas, muda o rumo de conflitos, facilita negociações, transforma humores, melhora relações”, ressalta o profissional.
Gentileza: Gera bons frutos à saúde do corpo e da mente!
Nosso bem-estar também é baseado de acordo com o meio em que vivemos e se estamos em um ambiente estressante e agitado, isso irá refletir na nossa saúde. Por exemplo, as pessoas agitadas, geralmente, possuem dificuldades para dormir e para se concentrar, prejudicando as atividades mais corriqueiras.
“É importante para nossa saúde mental estarmos bem relacionados com um grupo, como amigos ou família. Os contatos sociais contribuem para nossa saúde estimulando nosso senso de identidade. Mostram que podemos ser importantes para as outras pessoas. A gentileza é a sua própria recompensa. Quando somos gentis, naturalmente trazemos bem estar e felicidade, melhorando o nosso ambiente e a nossa saúde”, finaliza o psicólogo.
* Igor Teo (CRP05/48957) é psicólogo formado pela UERJ e disponibiliza seu site para contato e outras informações: https://www.igorteo.com.br/

Comentários

  1. Esses gestos de amor e que faz a diferença entre os cristãos e vindo de uma criança uma boa parte do mundo e restaurada . Amem.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Depressão não é preguiça e nem desculpa, depressão é luta.

Mãe deixa mensagem para a atual do seu ex e emocionou tudo e todos

Ter uma irmã é o presente mais sublime que Deus pode te dar

Frases de Conquista

Reconquista Perfeita