Não deu pra amar sozinha, não deu pra querer por dois.


Chega desse chove e não molha. Chega de ficar se lamentando pelo o que poderia ter sido. Chega de ficar alimentando passado. De ficar nessa de rastejar por quem não quer mais o mesmo que você. Chega de vendar os olhos para as coisas que estão sendo esfregadas em sua cara. Eu sei que dói. Também sei o quanto você lutou pra que desse certo. Mas não foi suficiente. Não deu pra amar sozinha, não deu pra querer por dois. Uma hora ou outra a corda iria arrebentar, e não foi pro lado mais fraco. 

Se orgulhe por ter dado o seu melhor. Por ter sido inteira demais em uma relação tão vazia. Não se culpe por não ter dado certo, e nem se frustre ainda mais por quem te soltou pra ir abraçar o mundo. Não se anule agora e nem ache que ninguém vai te enxergar do jeito que você merece. Escolha ser feliz. Escolha estar ao lado de quem faz de tudo pra te ver bem. Escolha pessoas que te coloquem pra cima e não que te rebaixem e muito menos que coloquem areia na mulher incrível que você sempre foi. 

Esquece esse papinho de “eu te avise!” A gente precisa passar por determinadas situações para amadurecer, mesmo que na marra. Absorva aprendizados e se agarre ao recomeço. Não se envergonhe por ter se doado demais pra alguém que nunca foi teu por inteiro. Quem perdeu não foi você. Talvez doa por alguns dias, semanas, mas passa. Você fez o que deu, paciência. Deus não faz nada por acaso. Se fosse o amor da sua vida não estaria indo embora assim, não estaria estraçalhando o seu coração em mil pedacinhos e te submetendo a tudo isso. Vai, respira. 

Engole esse choro, olha pra dentro de si mesma e repete tipo mantra: “eu sou um mulherão da porra”, “eu sou incrível demais pra viver sendo metade de alguém.” “Eu já desapeguei de você!” “Eu mereço ser feliz por inteira!” “Eu tô gostando mais de mim!” E se a sensação de abandono prevalecer, continue, repita incansavelmente até que você entenda que primeiro você precisa se amar em primeiro lugar, depois você sai por aí em busca de alguém pra preencher o que sempre te faltou. 

Texto: Rogério Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Depressão não é preguiça e nem desculpa, depressão é luta.

Mulher compra óculos na praia por R$35 sem se aperceber que na realidade pagou R$350

Mãe deixa mensagem para a atual do seu ex e emocionou tudo e todos