Eu insisti, tentei te lembrar dos bons momentos, mas logo você, que se diz tão indeciso, parecia ter tanta certeza de que queria o fim pra nós


Sabe, eu to aqui, querendo te odiar infinitamente por tudo, querendo não pensar em você, e em como você tá. Porque tem que ser tão inevitável? Porque teve de ser assim? Meu coração é teu, e embora eu já tenha dito isso pra outros, porque dessa vez, somente dessa vez eu acredito em mim mesma? E depois de muito tempo, ainda me perguntam como eu estou sem você, como parece que eu estou? Primeiro que eu te perdi, perdi do nada, foi como um grito no vazio, como levar um soco no estômago, aquelas palavras soaram como tapas na cara. Era isso, eu havia acabado de te perder.

Eu insisti, tentei te lembrar dos bons momentos, mas logo você, que se diz tão indeciso, parecia ter tanta certeza de que queria o fim pra nos.Eu não me arrependo das coisas que foram feitas, nem das brigas, ou das brincadeiras, mas que droga precisava ter queimado aquele brigadeiro? Ou não ter me deixado dormir? Eu sei, eu sei que tenho que parar de insistir, que tenho que te deixar pra trás, te colocar no meu passado, sabe, eu gostaria sim, iria gostar de não chorar durante a noite por você, de não ficar imaginando onde você tá, ou com quem está, e não ficar pensando em você a cada minuto da porcaria do meu dia.
Véi não precisava, não precisava ter me feito feliz, do que adiantou? Me deixou sozinha, queria poder te lembrar de que me prometeu que não terminaria comigo, naquele dia tudo o que eu queria era que você me dissesse que tava brincando, que estava zoando com minha cara, mas não, seu rosto tinha um ar sério, foi aí que desabei, eu quero estar com você.


Não importa não é? Você só pensa na sua felicidade, nunca me deu uma brecha pra tentar te entender, nunca se abriu comigo, e muito menos me deixou participar da tua vida, então pra que? Pra que tudo isso? A saudade de você amanhece comigo a cada dia que se passa, a tristeza vem junto quando lembro que você quer ser apenas meu "amigo".
Não foi muito tempo, mas foi o meu pequeno infinito ao lado daquele que eu me senti viva, eu carrego no peito a esperança de te ter outra vez.


Eu não te abraço porque aí tudo vem a tona, é te abraçar pra começar a chorar, mas eu prometi a mim mesma que você não me veria chorar mais, pelo menos não na sua frente .
Queria poder voltar, não pra mudar as coisas, mas só pra ter aquele tempo e aquele garoto por quem eu me apaixonei, porque ele se foi, dando lugar a esse incrível imbecil que é você agora, o que houve? Eu sei que não vai voltar a ser meu, mas porque insiste em fazer isso comigo? Eu não sei, não vou saber, eu só queria ter você, mas não deu, o que restou foram apenas as migalhas do que um dia foi um amor, sobraram as fotos na galeria, as mensagens na memória, eu sou covarde, não consigo apagar as coisas que me lembram você, será que eu quero te esquecer? Só sei que é preciso, não posso ainda estar pensando no porque deu errado, não posso chorar, do que vai adiantar? Enquanto eu estou mal, você vai a festas e bebe, então foi isso, o fim de algo que podia ter sido tudo.


Mah Ferrari

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Depressão não é preguiça e nem desculpa, depressão é luta.

Mulher compra óculos na praia por R$35 sem se aperceber que na realidade pagou R$350

Mãe deixa mensagem para a atual do seu ex e emocionou tudo e todos