”SER ÚTIL” E ”SER AMADO”…


“Minha gente eu sempre digo… a utilidade é muito cansativa, você ter utilidade para alguém é uma coisa muita cansativa…

Acredito que a utilidade é um território muito perigoso, porque muitas vezes a gente acha que o outro gosta da gente, mas não… ele está é interessado naquilo que a gente faz por ele.
E é por isso que a velhice é esse tempo em que passa a utilidade e aí fica só o seu significado como pessoa.
É o momento que a gente se purifica.É o momento que a gente vai tendo a oportunidade de saber quem nos ama de verdade.
Porque só nos ama pra ficar até o fim aquele que, depois da nossa utilidade, descobriu o nosso significado.
É por isso que sempre rezo para envelhecer ao lado das pessoas que me ama.
Para poder ter a tranqüilidade de não ser útil, mas ao mesmo tempo não perder o valor. Quando viver aquela fase… Poe o Padre Fabio no sol…. tira o padre Fabio do Sol… Peço a Deus sempre a graça de ter alguém que me coloque, mas que acima de tudo me tire.
Se você quiser saber se alguém te ama de verdade, é só identificar se ele seria capaz de tolerar a sua inutilidade.
Quer saber se você ama alguém? 
Pergunte a si mesmo, quem nesta vida que pode ficar inútil pra você sem que você sinta o desejo de jogá-lo fora.
E é assim que nós descobrimos o significado do amor…
Só o amor nos dá condições de cuidar do outro até o fim!
Feliz daquele que tem ao fim da vida, a graça de ser olhado nos olhos, e ouvir a fala que diz:
– Você não serve pra nada, mas eu não sei viver sem você!”
Pe. Fabio de Melo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulher compra óculos na praia por R$35 sem se aperceber que na realidade pagou R$350

Mãe deixa mensagem para a atual do seu ex e emocionou tudo e todos

Beto Barbosa relata sofrimento na luta contra o câncer.