Do beijo eu fiz virar saudade e da saudade eu fiz nascer um sorriso




Do beijo eu fiz virar saudade e da saudade eu fiz nascer um sorriso e do sorriso eu fiz virar poesia. É bom lembrar e, no fim, dar risada. É bom ter boas lembranças e, em vez de ficar triste por ter chegado ao fim, sorrir de novo. Tem amor que foi feito para dar certo, mas tem amor que foi feito para nos ensinar a ser melhores. Ensinei muita coisa. 


Eu sei. Aprendi também. Guardei o que foi bom. Levei tudo como aprendizado e experiência. Dispensei os dias tristes, as crises, os desentendimentos, as brigas, o caos. Guardei o beijo bom, o abraço no dia frio, o "vai ficar tudo bem" depois da briga, o "eu te amo" depois do sexo. Sempre reparei naquilo que nos fazia bem, não naquilo que queria nos derrubar. Foram essas coisas bonitas que me fizeram crescer e aprender, ser forte e me tornar uma pessoa segura. 

Não tenho arrependimentos. Nem receio. Nem remorso. Nem mágoa. Só, às vezes, passa pela minha cabeça que podia ter sido tudo diferente. Tudo. Mas foi tudo desse jeito. E são esses jeitos da vida que eu respeito. Hoje, por incrível que pareça, tá tudo bem. O coração tá no lugar, os pensamentos estão lá pra frente, as ideias estou colocando em prática e, os sonhos, ainda vou realizá-los. Hoje se alguém me parasse na rua e perguntasse como está sendo o meu dia, eu nem teria dúvidas em responder. Só colocaria um sorriso no rosto e afirmaria com toda certeza do mundo: estou sendo feliz!!! Feliz!!! E seguiria em frente. Sem maldade, sem ódio, sem rancor. Só uma saudade bonita de um amor que não deu certo, mas que, com ele, me fez crescer, me fez ser eu e me fez me amar de novo.

Fernando Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulher compra óculos na praia por R$35 sem se aperceber que na realidade pagou R$350

Mãe deixa mensagem para a atual do seu ex e emocionou tudo e todos

Beto Barbosa relata sofrimento na luta contra o câncer.