Um dos mais letais do mundo e "comum" no Brasil: entenda o câncer que vitimou o ator Paulo Silvino


Na última quinta-feira, 17, o humorista Paulo Silvino morreu aos 78 anos em decorrência de um câncer de estômago.
Intérprete de diversos personagens no Zorra Total e famoso pelo bordão "Cara, crachá", o ator lutava contra a doença desde julho de 2016 e chegou a se submeter a uma cirurgia para retirada de tumor e a sessões de quimioterapia.

 Segundo o ator, em entrevista ao UOL no ano passado, a descoberta do câncer se deu após ele se sentir enjoado e com refluxo.
O câncer que atingiu Paulo Silvino
Considerada a segunda doença cancerígena mais letal do mundo, o câncer de estômago se torna ainda mais grave por ser um dos mais comuns e pela frequência cada vez maior de casos. Para se ter uma ideia, somente no Brasil são registrados mais de 20 mil casos por ano.
Fase inicial
- Sensação de estufamento no estômago- Azia e queimação- Perda de apetite- Dores na região do abdômen- Enjoo- Refluxo- Vômitos
Fase de desenvolvimento (quando a ação destrutiva do câncer começa a evoluir)
- Perda de peso repentina e sem explicação- Dores abdominais mais fortes- Dificuldade para engolir- Vômitos ou fezes com sangue- Anemia- Fezes mais escurecidas e com odor forte
  1.  E no caso do diagnóstico ser o de câncer, converse com ele para definir o melhor tratamento. Evite agir por conta própria e tome muito cuidado com "medicinas alternativas" e "dietas naturais". Os caminhos mais indicados (recomendados pelo seu médico) são a quimioterapia, cirurgia, terapia alvo e radiografia. Tudo a depender do caso e do estágio da doença.
    Foto de Capa: Globo
fonte: Vix Saúde

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Depressão não é preguiça e nem desculpa, depressão é luta.

Mulher compra óculos na praia por R$35 sem se aperceber que na realidade pagou R$350

Ter uma irmã é o presente mais sublime que Deus pode te dar

Frases de Conquista

Reconquista Perfeita