Ela é cheia de manias; ideias; sonhos; desejos e vontades.

Ela é cheia de manias; ideias; sonhos; desejos e vontades. Se quiser descrevê-la (...) sei não. Talvez não consiga. Talvez desista na metade da estrada. Então nem insista, caso for parar na metade do caminho. 
Ela é indecifrável. Ela não tem resumo. Nem ponto final. Ela é reticências. Puro mistério. Um doce perigo. Ela é aquela longa história que você, iguais aos outros que já passaram pela vida dela, vai ter preguiça de ler e entendê-la. Ela odeia quem tem preguiça. Odeia quem termina as coisas antes de começar. 

Ela gosta de quem tem vontade de ler sua história até o final e que saiba decifrar cada parte de si: do corpo e, principalmente, do coração. Ela não é qualquer história. Ela é a história. Quem, com preguiça foi, se perdeu no caminho. Então vai lá, cara; leia-a, decifrar-a, descreve-a, vire-a do avesso, mas não seja só mais um. Desses, o coração dela ta cheio.
-
Não desacredite do que - as voltas que o mundo dá - é capaz. Eu acredito que tudo na vida tem o tempo certo. E que não adianta a gente querer se precipitar, se jogando numa piscina funda sem saber nadar. 
Não se pula de um penhasco sem para-quedas. Prédio sem coluna não se segura. Creio que, se ainda não deu certo, é porque não era pra ser. Se passou pela nossa vida, foi para nos ensinar a ser mais fortes, intensos e completos. Na vida, há sempre uma chance de tropeçarmos em algo maravilhoso. Vai que, um dia, você chuta algo bonito e, enfim, cai feliz da vida.

― Fernando Oliveira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulher compra óculos na praia por R$35 sem se aperceber que na realidade pagou R$350

Mãe deixa mensagem para a atual do seu ex e emocionou tudo e todos

Ter uma irmã é o presente mais sublime que Deus pode te dar